Arquivo mensal: janeiro 2013

PISA ou Programa Integrado Sócio-ambiental*

Merecidas férias agora retomamos as postagens no blog.

Reflexões feitas e como primeiro post do ano acreditamos que não poderia ser sobre outro assunto se não o PISA, que em nossa opinião é o mais importante programa em execução em Porto Alegre.

“Sonhamos” em tomar banho no Guaíba, já pensaram estar no centro e poder tomar um banho no intervalo do almoço entre um turno e outro do trabalho?  Temos notado a melhora do Guaíba, principalmente em sua transparência, ou seja, ele realmente esta mais limpo.

Então vamos lá saber das últimas notícias deste importante projeto.

Emissário subaquático: obra concluída, em fase de recebimento provisório – Emissário terrestre: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – EBE Cristal/EBE C2 e Chaminé de Equilíbrio: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Serraria: em execução com 95 % das obras civis concluídas. Em andamento a montagem de tubulações e equipamentos eletro-mecânicos – Interceptor da Restinga: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – EBE Restinga, na avenida Juca Batista, próximo a Hípica: obra com interdição pela DRT/RS – Estação de Bombeamento C1, na avenida Diário de Notícias: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – Emissário da Restinga: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – Emissário Final: em execução, com 80% concluído. Trecho subaquático com montagem dos aspersores – Estações de Rádio Enlace (Elevatórias e ETE): Contrato em andamento.

*Obs.O que é o PISA:

O Projeto Integrado Socioambiental (Pisa) da Prefeitura de Porto Alegre, resultado de discussões ocorridas no 3° Congresso da Cidade, em 2000, tem como principal objetivo ampliar a capacidade de tratamento de esgotos da Capital de 27% para 77% até 2012. Ao todo, serão investidos R$ 586,7 milhões*, com financiamento de R$ 203,4 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e de R$ 316,2 milhões da Caixa Econômica Federal, com contrapartida de R$ 67,1 milhões da prefeitura.
O Pisa é um projeto especial do Programa Transforma Porto Alegre. A implantação do Pisa busca a ação da balneabilidade das águas do Guaíba até 2028, com a redução de mais de 99% dos coliformes fecais lançados na extensão, que vai desde a foz do arroio Dilúvio até a praia de Ipanema. O sistema de abastecimento de água também será melhorado, devido à redução da carga de poluentes orgânicos e da densidade de coliformes na água captada.
As obras do projeto começaram a ser executadas em dezembro de 2007 pelo Sistema de Esgotamento Sanitário da Restinga e deverão ser estender até o final de 2012 com a conclusão da ETE Serraria, quando todos os sistemas de esgotamento construídos entraram em atividade. Além disso, o Pisa integra três frentes de atuação do governo: o Eixo Ambiental, o Eixo Social e o Eixo Econômico.
O projeto é coordenado pela Secretaria Municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico (Smgae) e a Componente 1- Melhoria das Águas do Lago Guaíba – estão sendo executadas  pelo Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae). São coexecutores do Socioambiental o Demhab, o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), a Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), a Secretaria Municipal de Coordenação Política e Governança Local (SMCPGL), a Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), a Secretaria Municipal da Produção,  Indústria e Comércio (Smic), a Secretaria Municipal da Fazenda (SMF) e a Procuradoria-Geral do Município.
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: