Arquivo da categoria: Uncategorized

Corre vai lá! Daqui a pouquinho! Agora!

unnamed (8)

Posto Santa Marta Porto Alegre

santa marta

A cerca de dois meses fui ao posto de saúde Santa Marta no Centro de Porto Alegre, pois como muitos de vocês sabem sou moradora do centro. Fiz questão de fazer este post, pois estou encantada como atendimento recebido. Médicos, enfermeiros, atendentes, todos sem exceção. Além do atendimento  no local que inclui atendimento dentário, e de sair de lá com toda a medicação que necessito pega na farmácia no térreo, hoje sou acompanhada por uma agente de saúde, que vem regularmente ao Gasômetro acompanhar a saúde dos moradores da região.

Parabéns a todos os envolvidos, atendentes, médicos, Governo Federal e Governo Municipal.

Café da Praça

cafe da praça

Localizado na Praça Otávio Rocha, o café da praça é atração turística de Porto Alegre. Localizada dentro da Praça Otávio Rocha no Centro. O Café da Praça traz um ambiente ao ar livre e um espaço interno aconchegante.   Conta com cardápio variado de doces, salgados, além de buffet para o almoço.  Outra atração é o Happy Hour ao ar livre com chopp gelado  e petiscos. Eu provei e aprovei!

PISA ou Programa Integrado Sócio-ambiental*

Merecidas férias agora retomamos as postagens no blog.

Reflexões feitas e como primeiro post do ano acreditamos que não poderia ser sobre outro assunto se não o PISA, que em nossa opinião é o mais importante programa em execução em Porto Alegre.

“Sonhamos” em tomar banho no Guaíba, já pensaram estar no centro e poder tomar um banho no intervalo do almoço entre um turno e outro do trabalho?  Temos notado a melhora do Guaíba, principalmente em sua transparência, ou seja, ele realmente esta mais limpo.

Então vamos lá saber das últimas notícias deste importante projeto.

Emissário subaquático: obra concluída, em fase de recebimento provisório – Emissário terrestre: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – EBE Cristal/EBE C2 e Chaminé de Equilíbrio: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Serraria: em execução com 95 % das obras civis concluídas. Em andamento a montagem de tubulações e equipamentos eletro-mecânicos – Interceptor da Restinga: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – EBE Restinga, na avenida Juca Batista, próximo a Hípica: obra com interdição pela DRT/RS – Estação de Bombeamento C1, na avenida Diário de Notícias: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – Emissário da Restinga: obra concluída, em fase de recebimento definitivo – Emissário Final: em execução, com 80% concluído. Trecho subaquático com montagem dos aspersores – Estações de Rádio Enlace (Elevatórias e ETE): Contrato em andamento.

*Obs.O que é o PISA:

O Projeto Integrado Socioambiental (Pisa) da Prefeitura de Porto Alegre, resultado de discussões ocorridas no 3° Congresso da Cidade, em 2000, tem como principal objetivo ampliar a capacidade de tratamento de esgotos da Capital de 27% para 77% até 2012. Ao todo, serão investidos R$ 586,7 milhões*, com financiamento de R$ 203,4 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e de R$ 316,2 milhões da Caixa Econômica Federal, com contrapartida de R$ 67,1 milhões da prefeitura.
O Pisa é um projeto especial do Programa Transforma Porto Alegre. A implantação do Pisa busca a ação da balneabilidade das águas do Guaíba até 2028, com a redução de mais de 99% dos coliformes fecais lançados na extensão, que vai desde a foz do arroio Dilúvio até a praia de Ipanema. O sistema de abastecimento de água também será melhorado, devido à redução da carga de poluentes orgânicos e da densidade de coliformes na água captada.
As obras do projeto começaram a ser executadas em dezembro de 2007 pelo Sistema de Esgotamento Sanitário da Restinga e deverão ser estender até o final de 2012 com a conclusão da ETE Serraria, quando todos os sistemas de esgotamento construídos entraram em atividade. Além disso, o Pisa integra três frentes de atuação do governo: o Eixo Ambiental, o Eixo Social e o Eixo Econômico.
O projeto é coordenado pela Secretaria Municipal de Gestão e Acompanhamento Estratégico (Smgae) e a Componente 1- Melhoria das Águas do Lago Guaíba – estão sendo executadas  pelo Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae). São coexecutores do Socioambiental o Demhab, o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), a Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov), a Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), a Secretaria Municipal de Coordenação Política e Governança Local (SMCPGL), a Secretaria do Planejamento Municipal (SPM), a Secretaria Municipal da Produção,  Indústria e Comércio (Smic), a Secretaria Municipal da Fazenda (SMF) e a Procuradoria-Geral do Município.

“Trânsito: nem tudo está perdido”, Roubartilhando do Blog do Ricardo Orlandini

 

 

Trânsito: nem tudo está perdido

O tema que envolve a tragédia brasileira (e mundial) é recorrente nos meus comentários. Preferia tratar outras questões que não esta, mas infelizmente não posso me omitir da triste constatação desta chaga que assola nosso país.

Neste final de semana, que não foi um feriadão, 16 pessoas perderam no trânsito gaúcho. Algo inadmissível e que temos que fazer de tudo para mudar.

Pouco se fala do custo em dinheiro desta ‘Guerra do Trânsito” gaúcho, mas os números somam R$ 5,3 bilhões ao Estado nos últimos cinco anos, aponta Detran.

Para se ter uma ideia, este valor representa mais do que o orçamento da prefeitura de Porto Alegre em 2012, que soma R$ 4,7 bilhões. Um custo repartido por todos os cidadãos.

O cálculo do Detran leva em conta que cada morte represente uma perda de R$ 551 mil.

Mas nem tudo está perdido.

Pelo menos em Porto Alegre parece que as pessoas estão mudando um pouco, e para melhor.

Segundo dados divulgados há poucos dias, o número de mortes no trânsito da capital gaúcha caiu neste ano de 2012.

Isto é o que aponta levantamento feito pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) no dia 7 de dezembro passado.

De acordo com dados da Coordenação de Informações de Trânsito (CIT), houve queda de 24,2% em vítimas fatais na comparação com os primeiros 11 meses do ano passado (2011).

Este ano morreram 100 pessoas em acidentes de trânsito nas ruas de Porto Alegre. No ano passado, no mesmo período, foram 132 vítimas fatais.

Outro dado muito bom foi a queda no número de mortes entre motociclistas e pedestres.

Foram 39 motociclistas mortos em 2012 contra 54 em 2011 (redução de 27,78%). Entre os pedestres, a diminuição foi de 32,14%, caindo de 56 para 38 mortes.

Pelo menos, no meio desta tragédia, surgem algumas boas notícias.

 

Ótima notícia para todos nós que amamos Porto Alegre!

Plano prevê ações de revitalização da bacia do Arroio Dilúvio

Documento contém metas e cronograma para a estratégia de recuperação do Dilúvio
Foto: Ivo Gonçalves/PMPA
Um estudo feito por técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) foi entregue, nesta sexta-feira, 7, ao prefeito José Fortunati e ao secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de Viamão, José Roberto Cardoso. O Plano de Ação de Revitalização da Bacia do Arroio Dilúvio foi construído em 12 meses e aponta 170 atividades para serem executadas durante a redação do projeto básico. Também participaram da cerimônia o Reitor da UFRGS, Carlos Alexandre Netto e o Pró-Reitor de Pesquisa, Inovação e Desenvolvimento da PUCRS, Jorge Audy.
Tendo como meta a recuperação dos 15 quilômetros de extensão do arroio, com intervenções integrando saneamento, inclusão social, acréscimo de áreas verdes, retomada da funcionalidade da bacia e educação ambiental, o projeto básico deve ser elaborado em 12 meses após a captação de recursos. “Temos aqui um documento bem embasado e que poderá ser executado nesta parceria entre prefeituras e universidades”, afirmou Fortunati, lembrando que o plano terá importante papel na despoluição do Guaíba, junto com o Projeto Integrado Socioambiental (Pisa).
 Parceria – Em dezembro de 2011 foi assinado o Protocolo de Cooperação Institucional entre Ufrgs, PUCRS e as prefeituras de Porto Alegre e Viamão, com o objetivo de devolver à população das duas cidades um Arroio Dilúvio limpo e revitalizado.
 Plano de Ação – O documento propicia a captação de recursos para a elaboração do projeto básico, próxima etapa do processo. Contém atividades, metas e cronogramas que traduzem a estratégia de recuperação da bacia do Dilúvio, identificando estudos e levantamentos de dados a serem feitos e sua integração com ações e projetos em andamento./arroio_diluvio /meio_ambiente
Texto de: Paula Aguiar
Edição de: Manuel Petrik

Agradecimento e sobre o futuro

Passados alguns dias da eleição municipal, retomamos a nossa rotina, com muito trabalho na área da cultura, resquícios da eleição e a vida que segue.

Nesse primeiro post depois do pleito gostaríamos de agradecer a todos que se mobilizaram na campanha e que confiaram o voto a mim. Infelizmente, ainda não foi desta vez que conseguimos um mandato, e apenas o tempo dirá quais os rumos políticos que tomaremos. Mas temos a certeza de que a campanha foi um grande aprendizado que continuará rendendo bons frutos.

Um deles é o blog Por Amor a Porto Alegre, o qual queremos que continue sendo um espaço de discussões sobre Porto Alegre e, quem sabe, sobre o Rio Grande do Sul. Por isso não deixe de nos acompanhar, pois a luta continua.

Adiante companheiros!

Jac aproveita véspera do pleito para conversar com eleitores e deixar um recado para vocês

Na véspera das eleições, Jac Sanchotene circulou pela cidade conversando com eleitores e reforçando suas propostas para a população, nas quais se destacam a defesa por melhores condições para a classe artística e cultural, a luta pela ecologia e melhorias para o Centro Histórico. A caravana com os cataventos passou pela Feira do Largo Zumbi dos Palmares, pela Feira ecológica e de artesanato da Redenção, pelo parque Moinhos de Vento (mais conhecido como Parcão) e pela Vila Chocolatão, tendo chamado a atenção de todos. Depois Jac ainda circulou pela Usina do Gasômetro, conversando com mais eleitores e ouvindo as necessidades da população.

Por último, aproveitou para deixar um recado para vocês: “Boa noite, pessoal. Amanhã, dia 7 de outubro, acontece a eleição. Essa é a minha primeira candidatura e eu aproveito essas últimas horas antes do pleito para fazer um balanço desses três meses de campanha. Nos últimos anos, ao fazer reivindicações pelos moradores do Centro Histórico, fui me aproximando lentamente da política. Usei a Tribuna Popular da Câmara de Vereadores para pedir iluminação e lixeiras para a Praça Júlio Mesquita, para solicitar apoio aos quiosqueiros do Gasômetro, entre outros. Foi aí que percebi que ser vereadora era a oportunidade que eu tinha para alcançar resultados melhores ainda para a nossa cidade. A campanha me surpreendeu positivamente, pois foi uma grande alegria ver as pessoas se unindo a nossa luta. Um pouco cansativa, mas muito prazerosa. Vocês podem ter certeza de que como vereadora não faltarei com os meus eleitores e procurarei ampliar as minhas lutas, que hoje são principalmente pela cultura e pelo meio ambiente. Amanhã conto com o voto de vocês no 54321! Um beijo da Jac”

Veja imagens de Jac hoje:

Jac na Vila Chocolatão

Cataventos da Jac circularam por Porto Alegre

Jac na Feira da Redenção

Advogado Milton Terra Machado manifesta seu apoio à Jac Sanchotene

Com mais de 25 anos de atuação no mercado, o conceituado advogado Milton Terra Machado, sócio do escritório Farah e Terra Machado, também apoia Jac Sanchotene. Milton conhece Jac há anos e foi um dos primeiros a apoiar a candidatura de Jac a vereadora. Leia o depoimento escrito por ele: “Conheço Jac Sanchotene há muito tempo e sou testemunha de seu trabalho comunitário, que tem sido particularmente exitoso na área da cultura e do urbanismo, de que é exemplo o Movimento Viva Gasômetro e outras ações. É fora de dúvida que se Jac for eleita, ações nessas áreas, tão poucas para uma cidade como a nossa, ganharão novo alento, pois a voz solitária de Jac se tornará a voz de milhares de munícipes carentes de cultura e de bem viver.” Jac agradece o apoio e a confiança!

Fotógrafa e documentalista Nádia Raupp Meucci também apoia Jac Sanchotene

Com propriedade de quem conhece o trabalho de Jac, Nádia Raupp Meucci (foto), uma das principais fotógrafas e documentalistas do Rio Grande do Sul, manifestou seu apoio à candidatura de Jac Sanchotene. Veja o depoimento dela:

“A Jac gosta das pessoas. Ela realmente se importa com as pessoas. A Jac gosta de Porto Alegre. Ela realmente se importa com a cidade. A Jac luta por aquilo que acredita. Jacqueline Sanchotene é incansável”.

Agradecemos a confiança e o importante apoio, Nádia!

%d blogueiros gostam disto: