Arquivos do Blog

Vereador Elói Guimarães (PTB) em elogio ao trabalho realizado por Jac Sanchotene

Vereador Elói Guimarães do PTB, em depoimento à Jac Sanchotene em Sessão da Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

Anúncios

“Uma lutadora incansável”

Depoimento da vereadora Fernanda Melchionna (PSOL) demonstra o reconhecimento do trabalho realizado por Jac Sanchotene à frente do movimento Viva Gasômetro:  “uma lutadora incansável”.

 

Por mais Cultura, Andrea Niederauer Cubas apoia Jac Sanchotene 54321

“Eu também apoio a Jac Sanchotene! E faço minhas as palavras da Cecília Daudt. É muito difícil encontrar alguém com tamanho engajamento cultural e que, efetivamente, lute pelos interesses da cidade. Agora, como cidadãos, o interesse é todo nosso vê-la eleita. E além de tudo: é honesta!”

Reconhecimento de um trabalho

Depoimentos dos vereadores Luiz Braz (PSDB), Engenheiro Comassetto (PT), Pedro Ruas (PSOL), Reginaldo Pujol (DEM), Adeli Sell (PT), Fernanda Melchionna (PSOL), Elói Guimarães (PTB), Tarciso Flecha Negra (PDT) e Toni Proença (PPL).
Por Amor a Porto Alegre vote 54321!

Conheça melhor nossas propostas para área da cultura e outras

3,5% do orçamento do Município para a cultura

Hoje o orçamento da cultura é inferior a 1%. Além do fortalecimento da identidade cultural e do desenvolvimento da sociedade, a área da cultura tem um alto grau de empregabilidade. Estudos apontam que para cada pessoa empregada formalmente, cerca de 16 pessoas são contratadas temporariamente.

Reformulação do Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre (Funproarte)

Reformular o Funproarte de maneira a ampliar o número de setores da classe artística atendidos pelo incentivo. Além de manter um maior controle do emprego da verba pública, bem como o retorno dado à sociedade.

Homologação da Lei municipal de Incentivo à Cultura

Existe uma Lei Municipal de Incentivo à Cultura, nos moldes das leis federal e estadual de incentivo à cultura, aprovada pela Câmara desde 1992, que ainda não foi regulamentada. A homologação desta lei pode fomentar a cultura local através da isenção dos tributos municipais, o IPTU e o ISSQN.

Criação de uma política municipal de cinema, incluindo a distribuição de filmes

Um dos maiores problemas relacionados ao cinema é a distribuição dos filmes: muitos ficam nas prateleiras sem ser exibidos. A criação de uma cota para a exibição de filmes brasileiros, gaúchos e porto-alegrenses não só prestigiaria trabalhos de qualidade que acabam sendo esquecidos, como fomentariam o cinema local.

Descentralização da cultura

O jovem da periferia, que tem dificuldade de se deslocar para área central, pode ser integrado ao tecido social através da cultura. A ampliação da cultura também ajuda a reduzir os índices de violência e aumenta os postos de trabalho para a classe artística, gerando emprego e renda.

Preservação do patrimônio histórico

Oitenta e dois por cento dos prédios históricos de Porto Alegre estão no Centro Histórico. No entanto, prédios como a antiga Usina de Gás Carbonado (a verdadeira Usina do Gasômetro) ainda foi tombada. No entanto, além do tombamento é necessário garantir a preservação do patrimônio histórico, pois monumentos já tombados, como é caso do Viaduto Otávio Rocha, não recebem os recursos necessários.

Mais espaços públicos de exposição para os artesãos

Além de reestabelecer espaços como o Largo Glênio Peres, buscar novos espaços para que os artesãos possam expor seus trabalhos, incentivando a geração alternativa de renda.

Criação e manutenção dos espaços verdes da cidade, entre eles a efetiva criação do Parque do Gasômetro

Em áreas muito adensadas é necessária a criação de parques para um maior equilíbrio urbano e para o lazer da população. Além disso, há estudos que mostram a importância das áreas verdes até mesmo para evitar alagamentos. É o caso da região da Avenida Ipiranga nas imediações da Rua Vicente da Fontoura, onde a criação de um parque poderia drenar a chuva, minizando as enchentes.

Quanto às áreas verdes já existentes, é necessário que haja um maior comprometimento, por parte do poder executivo municipal, na manutenção de parques e praças e também na fiscalização do uso destes espaços. Como por exemplo, as leis que tratam do recolhimento de dejetos de animais e da potência sonora utilizada nestes locais.

Já o Parque do Gasômetro foi uma conquista obtida pelo Movimento Viva Gasômetro na Revisão do Plano Diretor de Porto Alegre, em 22 de julho 2010. E está abrigada no artigo 154, § 21 do Plano Diretor. No entanto, é necessário pressionar o executivo para que isto saia do papel.

Criação de ciclovias e ciclofaixas

A demanda por ciclovias e ciclofaixas é cada vez maior, pois o número de pessoas que aderem à bicicleta vem crescendo.  Os benefícios deste tipo de transporte são vários: o desafogamento do trânsito, a diminuição do uso de combustíveis fósseis, além da saúde, pois pedalar é um exercício.

Mas para que este tipo de transporte possa continuar crescendo, a exemplo de várias cidades e países do mundo, e também para que seja estimulado, é fundamental a construção de ciclovias e ciclofaixas, pois o rico para ciclista trafegar entre os carros é muito alto.

Maior atenção à mobilidade urbana

Melhoria do sistema público de transporte: vias, ônibus, táxis lotações e demais; além da melhoria do equipamento de apoio tais como paradas de ônibus.

O grande número de carros nas ruas satura cada vez mais o trânsito da cidade. Para diminuir o número de carros circulando, o que configura um caos urbano, é necessário que o cidadão tenha boas opções de transporte público, para deixar o carro em casa ou mesmo para que se deixe de comprar novos carros.

Além disso, o cidadão que depende do transporte público necessita de melhorias, pois se desloca diariamente em ônibus lotados e fica muitas vezes sujeito à intempérie, em paradas que não dão abrigo; além dos grandes intervalos de horários e dos atrasos de ônibus.

E mais, para que o trânsito possa fluir são necessários investimentos constantes nas vias.

Apoio a entidades que tratem da causa animal

Dar apoio às ONGs que, com muita dificuldade, recolhem animais de rua e que sofrem maus tratos, e muitas vezes tem que parar este trabalho devido à falta de recursos. Além de incentivar a ampliação do número de castrações para que estes problemas venham a diminuir.

Usina do Gasômetro precisa de requalificação

Em reunião, nesta semana com a galerista Tina Zappoli, fui alertada para mais uma bandeira a ser levantada: a requalificação da Usina do Gasômetro. Símbolo de Porto Alegre, ao lado
da chaminé e à beira do Guaíba, estamos tão acostumados com a importância da Usina na paisagem de Porto Alegre, que acabamos por relegar sua função Cultural. 

Há uma programação diferenciada na Sala P.F. , acontecem eventos e espetáculos no local e isso tem importância para a cidade. No entanto, o Centro Cultural Usina do Gasômetro e Porto Alegre podem muito mais.

Em Londres, no distrito de Southwark, às margens do Rio Tâmisa, a Tate Modern, museu instalado na antiga Central elétrica de Bankside, tornou-se a terceira maior atração londrina. Desde sua abertura, em 2000, promove importantes mostras temporárias de arte moderna e contemporânea.  E tem visitas, exposições do acervo e algumas mostras temporárias gratuitas.

Jac com Tina Zappoli

Mas, não precisamos ir tão longe para termos um belíssimo exemplo de antiga usina transformada em centro cultural, com potencial transformador. Mesmo atravessando dificuldades econômicas, nossa vizinha Argentina conseguiu transformar a antiga central elétrica de Buenos Aires em usina de talentos . Com prédio dedicado à música, ao teatro e às artes em geral, no bairro de La Boca, renasce o sul da cidade.

Para os argentinos, o potencial cultural da Usina Del Arte pode transformar a depredada e esquecida Zona Sul de sua capital. Enquanto isso, em Porto Alegre, pensamos grandes empreendimentos imobiliários para revitalizar o Centro Histórico. Por que não valorizarmos o potencial cultural inerente à historicidade do bairro.

106 anos de Mário Quintana

Nesse exato dia , há 106 anos,  nascia Mário Quintana, nosso inigualável “poeta das coisas simples”. Para comemorar essa data, prestamos nossa homenagem trazendo dois painéis postados anteriormente no blog.  Se você ama Porto Alegre, não deixe a data passar em branco, compartilhe!

 

Material com propostas da campanha

Amigos, aqui estão os previews do material com propostas para nossa cidade e específicas para o Centro Histórico. Lembramos que este espaço se propõe a ser um fórum de discussão para melhorar a vida em Porto Alegre.

Envie suas sugestões de propostas para somar à campanha!

Por Amor a Porto Alegre

Prezados leitores,

Hoje é um dia muito importante, pois oficializa uma ideia iniciada há cerca de um ano e meio. Foi nessa época que eu comecei a analisar a possibilidade de me candidatar a vereadora pela cidade de Porto Alegre (RS). Na verdade, desde os meus 18 anos que eu recebo convites para concorrer a cargos eletivos, só que antes, na minha avaliação, eles não faziam sentido. Isso mudou com a luta do Movimento Viva Gasômetro (http://vivagasometro.blogspot.com), entidade liderada por mim que busca melhorias para a Capital gaúcha, principalmente no coração dela, que é o Centro-Histórico. Dessa forma a candidatura não só faz sentido como se tornou imprescindível.

Diante disso tenho a alegria de compartilhar com vocês, em primeira mão, que sou candidata a vereadora de Porto Alegre (RS) pelo Partido Pátria Livre (PPL) nas eleições municipais de 2012. 

“Nosso” blog Por Amor a Porto Alegre continuará sendo um centro de debates para aqueles que amam a cidade, mas também se tornará uma das principais plataformas da minha campanha. Com a conquista do mandato vou lutar pelos ideais em que acredito, entre eles mais verbas para cultura, a reformulação do Fundo Municipal de Apoio à Produção Artística e Cultural de Porto Alegre (Fumproarte), a efetivação da Lei municipal de Incentivo à Cultura, a criação de uma distribuidora municipal de filmes, a descentralização da cultura, o patrimônio histórico e muito mais. 

O meio ambiente também será alvo de nossa atenção. Desde 2006, quando criamos o Viva Gasômetro, nossa luta por uma cidade mais verde tem sido matéria da imprensa local. Já demos os primeiros passos e continuaremos avançando prestando cada vez mais atenção e auxílio às questões ambientais. 

Às nossas lutas já conhecidas, como a cultura e a ecologia, incorporaremos novas. Já fomos procurados por defensores da causa dos animais, por taxistas e também por artesões. Daremos uma atenção e cuidado especial a todos, escutando suas propostas e dando o melhor encaminhamento para cada uma delas. 

Queremos fazer uma campanha limpa, “uma linda campanha” como costumo dizer.

E que venha o 7 de outubro e com ele o 54321 na cabeça!

Um forte e fraterno abraço a todos vocês,

Jac Sanchotene

Érico Verissimo mais uma vez

Mais uma frase do gaúcho de Cruz Alta, um dos maiores ecritores brasileiros, autor de clássicos como O Tempo e o Vento, Olhai os Lírios do Campo, Solo de Clarineta e outros:

Imagem

%d blogueiros gostam disto: